15AH, San Francisco

California, United States.

Send Your Mail At:

info@elitesupport.com

Working Hours

Mon-Sat: 9.30am To 7.00pm

Desorientados na Serra Amarela

Quatro pessoas resgatadas após se desorientarem em trilho na serra Amarela

No dia de ontem quatro pessoas foram resgatadas em plena Serra Amarela. Como não foi na Serra do Gerês as notícias são mais lentas e menos divulgadas

Como sempre o jornal O Minho conseguiu noticiar aquilo que aparentemente muitos não conseguiram fazer

Nós preferíamos não ter que partilhar este tipo de notícias, mas mais uma vez servem de exemplo para o futuro

( para saber mais basta clicar nas palavras a laranja ) 

Fonte: O Minho

“Quatro pessoas foram resgatadas pelos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, ao final da tarde de domingo, após se terem desorientado na Serra Amarela, na zona das Casarotas.

O alerta foi dado pelas 18:20 e o resgate apeado demorou entre quatro a cinco horas, após vários quilómetros percorridos.

Ao que O MINHO apurou, trata-se de dois casais, que terão idades compreendidas entre os 50 e os 70 anos, de Soajo, em Arcos de Valdevez, e de Pombal, no distrito de Leiria.

Terão saído do trilho e desorientaram-se, acabando por pedir socorro.

“O grupo foi rapidamente localizado pela nossa equipa de resgate em montanha, que os encaminhou para as antenas da Serra Amarela, local onde se encontravam as suas viaturas, não havendo necessidade de assistência hospitalar”, explicam os Bombeiros de Terras de Bouro na sua página de Facebook.

O Trilho das Casarotas está integrado na Grande Rota (GR34) do Parque Nacional da Peneda-Gerês.”

A olhar para a Serra Amarela

Caso ocorra algum acidente ou imprevisto contacte o serviço de emergência 112. Seja o mais claro e preciso que puder nas indicações sobre o local onde se encontra e sobre o que se está a passar. Caso não seja possível o contacto telefónico, mantenha a calma, coloque eventuais vítimas em segurança e protegidas do frio ou do sol e procure ajuda

PNP Gerês

Tome precauções especiais quando caminha em zonas húmidas e rochosas, para evitar quedas, e não pratique atos que possam colocar em risco a sua segurança e a dos outros. Não saia dos percursos/trilhos e caminhos existentes